DIN, Mell, Marcelinho e Tiago

Nome:
Local: Niterói, Brazil

sábado, janeiro 14, 2017

A primeira febre

E mais uma vez vocês são diferentes...
Passamos dos trinta dias e o umbigo continua firme e forte, Marcelo foi ao ortopedista, Tiago ao cirurgião pediátrico, mas tudo bem...
Marcelo está resfriado, teve febre alta... Hoje, você está molinho com febre, não chora... Que situação horrorosa, queria eu ficar doente... Devia ser proibido um bebê de 35 dias ter febre... Parece que você está bem, fora a febre, nada de diferente, mas como é angustiante...
Fiz uma postagem sobre Marcelo quando ele completou trinta dias... Como são diferentes e iguais ao mesmo tempo... Amor maior AINDA
Como amamos vocês, é imensurável e indescritível... Fica bem, anjo

Marcadores:

terça-feira, dezembro 27, 2016

12/11/14

Muitas experiências...

Atravessei a ponte pela primeira vez para ir no trabalho da mamãe...
Conheci muitas das donas das vozes que me acompanharam durante a nossa gravidez...
A moça que me furou DUAS VEZES bem bateu no meu pai... Uma intimidade...
Conheci tia Vera e tia Maria que alimentaram e cuidaram de mim e da mamãe... Tia Sandra que junto com Monique e Janaina também cuidaram da mamãe. Além de Cristiane Souza, Sheila Mendonça, Mariana... A fotografa da barriga Thais, Dona Antônia que fez meu bolo de fralda. As enfermeiras Hilda e Slete, essa perguntou se eu era o primeiro filho do papai tamanha desenvoltura (acho que mamãe não gostou muito)... A chefe da mamãe Dra Emilia, além de Dra Celina, Mara, Dadá... Muitas pessoas, cuja voz eu já conhecia e sempre cuidaram muito bem da mamãe...
Papai muito preocupado que algo acontecesse comigo foi meu guarda costas por todo o período que lá estivemos...
Um dia de muitas aventuras...
Conhecendo a Fiocruz ;)

24/12/15

Para alguns pode parecer hipocrisia, mas independente da sua fé, nessa época do ano paramos para refletir sobre nossas vidas, o que passou e o que está por vir... Um ano nunca será plenamente perfeito, nunca seremos felizes durante todos os dias... Mas quando pensar em 2014 terei muito o que agradecer, tanto na minha vida profissional quanto pessoal... Viajamos para um lugar fantástico, tivemos nosso bebê que é o ser mais encantador do Universo (pelo menos para mim), passei nos concursos,... Vivi, sofri e fui muito feliz. Perdi uma das pessoas mais importantes da minha vida que com certeza se tornou anjo da guarda do Marcelinho, né, tia Jane? Natal nos faz refletir e pedir que sejamos pessoas melhores... Me faz agradecer ao meu companheiro que me surpreende a cada dia David e a minha mãe Claudenice por me mostrar como exercer esse posto com maestria, como ela tem feito há tempos...
Espírito do Natal deve ser constante, o que me lembra o Mutirô na Creche do Bumba, e uma conversa de madrugada sobre distribuição de sopa... Gabriel e Rafhael não param de me surpreender... Sem falar do Tetho, Sempre Criança, etc. Seus irmãos pioneiros não ficam atrás.
É, o mundo ainda não está totalmente perdido, a cada ano renovamos nossa fé nas pessoas e, quando convivemos com gente  que faz a diferença sem esperar nada em troca, fica mais fácil...
É, que o Natal dure e perdure, do nascer ao pôr do sol, de janeiro a dezembro...
Que assim seja.

Ah... Feliz Natal e um iluminado 2015!

24/12/16

Muita coisa aconteceu desde o primeiro Natal de Marcelo, mas sem dúvida o principal foi a chegada do mais novo presente da família, Tiago. 2016 foi um ano confuso, triste em muitos aspectos... Conquistamos algumas coisas, perdemos outras... Ganhamos novas pessoas especiais em nossas vidas, nos afastamos de tantas outras... Muita coisa mudou, muita mesmo... O mundo está uma loucura, o Brasil então...
Mas não podemos deixar de acreditar que tem solução, que o futuro pode ser melhor, e que nossos filhos terão do que se orgulhar...
Nós nos orgulhamos muito dos nossos meninos...
O meu desejo de Natal... ESPERANÇA.

Aprendendo a natureza humana 24/04

Aula de aprendizados da natureza humana.
Tópico: Relacionamentos
Estudo de caso: um rapazinho de um ano e cinco meses numa festa de casamento.

Conclusões resumidas:
Dançar ganha de dormir.
Comer ganha de dançar.

Temos tudo documentado. Então na escala de motivação temos:

Comer > Dançar > Dormir

Quer ter chances com o popular no futuro? Além de trocar sorrisos, dance com ele, mas sobretudo saiba cozinhar ou escolher um bom restaurante. Na hora que bater a fome ele vai atrás é de comida.

#tadinhadamenina
#garotão
#vaidartrabalho

Desafio de paternidade 18/02

Desafio da Paternidade.
O nome é bom, pois é um enorme desafio ser o pai de uma vida nova.

Muda toda a logística da sua própria vida, sobretudo os seus planos de vida, a partir do momento em que um novo ser depende de "você" (no nosso caso também da mãe e da avó) para absolutamente tudo.

Porém, na mesma medida em que dá trabalho, posso afirmar que também traz alegrias. Uma experiência que nos torna mais humanos, mais plenos. Eu achava que já sabia muito da vida... Até me tornar pai.

A vida é feita de momentos. Os que passamos juntos estão na categoria dos mais felizes dentre todos. Escolhi as melhores fotos que tenho com o meu melhor amigo para ilustrar esse capítulo da nossa vida, ao qual podemos nomear como "Felicidade", que por uma feliz coincidência rima com "Paternidade".

Aprendendo a natureza humana 24/04

Aula de aprendizados da natureza humana.
Tópico: Relacionamentos
Estudo de caso: um rapazinho de um ano e cinco meses numa festa de casamento.

Conclusões resumidas:
Dançar ganha de dormir.
Comer ganha de dançar.

Temos tudo documentado. Então na escala de motivação temos:

Comer > Dançar > Dormir

Quer ter chances com o popular no futuro? Além de trocar sorrisos, dance com ele, mas sobretudo saiba cozinhar ou escolher um bom restaurante. Na hora que bater a fome ele vai atrás é de comida.

#tadinhadamenina
#garotão
#vaidartrabalho

Preparando para ser pajem 14/05

"Roupas e maneiras não fazem o homem; mas quando ele está feito, elevam grandiosamente a sua aparência." — Arthur Ashe

Um ano e meio e já se preparando para ser pajem pela segunda vez. Inacreditável e muito divertido. :-)

Independência 02/09

Ê vida dura...
E no Dia da Independência o dever cívico foi a independência em relação a areia. Chegou ainda sem querer pisar, saiu andando sozinho. Missão cumprida.

Chamando atenção com papai 2/11

Fórmula para chamar a atenção de praticamente todas as mulheres na rua: tenha 2 anos de idade, num dia de sol coloque um chapéu de palha fora de época, vá andando e dê a mão ao seu pai.

A cada 100 metros alguém vai fazer aquele olhar de "quero um pra mim" e te chamar de fofinho.

O presente estudo científico se desenvolveu num raio de aproximadamente 1.200 metros, num trajeto em zigue-zague, ruas escolhidas conforme maior disponibilidade de sombra.

Observações:
- sem o chapéu a eficiência cai em um terço (nem todos vão te ver);
- se estiver no carrinho cai pela metade (você passa muito rápido pelas pessoas);
- a variável pai não foi testada isoladamente, por motivos operacionais e de segurança.

Marcelo dois anos

Fico honrado com os diversos elogios sempre que exibo fotos e especialmente videos de fotos, movimentos e desenvolvimento do meu filho (só quem convive conosco fisicamente tem acesso, nada de videos na rede social).

Responder sobre a câmera que uso, o software de edição, a organização... em especial a outros pais interessados em fazer algo semelhante, é algo que faço com prazer. E as pessoas costumam se espantar com a simplicidade da fórmula.

Organizar e editar um video referente a um tempo de 12 meses de vida dá um trabalho colossal, mas vale muito a pena, principalmente quando uma criança de apenas 2 anos se vê, se emociona, e diz que gostou muito.

O olhar fotográfico e o zelo na edição são qualidades muito importantes, e são habilidades treináveis, sem os quais o material final seria impossível, mas o pulo do gato vem muito antes de pegar na câmera ou mesmo de sentar defronte o PC.

Trata-se da PRODUÇÃO DE BONS MOMENTOS:  Amar um ser humano e oportunizar distintas experiências educativas. Se doar para fazer o dia de alguém mais feliz. O sorriso de uma pessoa efetivamente alegre - tenha a idade que for - gera os melhores materiais audiovisuais.

Talvez a fórmula de sucesso aqui seja a junção de dois "trabalhos" que faço por amor: ser Pai e Produzir videos.

"Procurem deixar o mundo um pouco melhor do que o encontraram...", aprendi com o velho B-P, e esse é o meu lema.

Em 18 de novembro

Há três semanas adquiri o kit. De lá pra cá meu filho de 2 anos por algumas vezes viu na mesinha de cabeceira, quis pegar e eu expliquei que era pro papai aprender pra fazer pra ele.

Hoje ao acordar ele viu de novo e dessa vez ao invés de querer pegar, ele me cobrou: "papai vai aprender pra fazer o cachorrinho pro Marcelo?". Fiquei até com vergonha... No meio de tantos eventos, havia me esquecido.

Coincidências à parte, hoje faltou luz e tive que suspender o trabalho no pc, me lembrei da cobrança e finalmente peguei no kit.

E em 60 minutos, com o treino da técnica e na minha quarta tentativa, aprendi algo novo.  Alguém vai ganhar um presente quando chegar em casa.

Mais um item para o check-list dessa vida:

[x] Fazer uma escultura de balão.

Mãe duas vezes

E aí, perguntam: "Existe sensação melhor que ser mãe?" Até dois dias atrás eu diria que não, mas ontem descobri que sim, pelo menos pra mim, ser mãe pela segunda vez... O sentimento é outro, completamente diferente, talvez devesse ser ao menos parecido, mas não é... Tiago nasceu no dia em que completamos dez anos de casados, não poderia ser mais significativo... A renovação de uma união que já dura quase dezoito anos, que passou por altos e baixos, crises, dúvidas, mas que chega ao dez anos "oficiais" com um presente mais que especial para David Izecksohn, Marcelo e para mim. Agradeço mais uma vez e cada vez mais pelos meus meninos...

Massinha

Massinha parece ser a brincadeira dos 2 anos de idade... Quer brincar todo dia.

Eis o nosso primeiro boneco. Depois ele ganhou um chapéu do pirata (a pedido de Marcelo), mas ficou sem foto. E foi acompanhado de duas árvores de natal (sim, tinham que ser duas). Ele ajudou a enrolar as bolinhas, fez as árvores e comandou TUDO (o boneco só tem orelhas porque ele solicitou, inclusive).

Natal

Marcelo e seus dois presentes: Tiago e Olaf.
O Olaf ele pediu ao Papai Noel. Ele está super agarrado ao boneco.
Tiago, porém, ganha do Olaf. Muito bom.
Ps: Foi ele que pediu pra dar colo pro irmão. :-)

Massinha

Aprendendo as palavras escritas na brincadeira de massinha. Papai carimbou, Marcelo soletrou. É legal que ele conhece bem não apenas os dois nomes, mas também "mar" e "tia".

M - A faz? MA!"
M - A - R faz? "MAR!"
M - A - R - C - E - L - O faz? "MARCELO!"

T - I faz? " TI!"
T - I - A faz? "TIA!"
T - I - A - G - O faz?  "TIAGO!"

Por quê Tiago?

O Processo de Escolher o Nome de um Bebê
(ou: Por quê Tiago?)

Marcelo foi uma escolha que só ocorreu no sétimo mês de gestação, e não havia segunda opção. Ao sabermos vir outro menino, um longo processo tomaria forma novamente. 

O nome Tiago entrou na relação dos preferidos em homenagem a um dos meus melhores amigos de escola, de um grupo com quem converso diariamente. Na verdade talvez o grande responsável por esse grupo ser tão forte. Para lembrar ao pequeno, no futuro, da importância de manter os melhores amigos por perto, para que sua vida seja mais feliz.

Quando chegamos na relação final dos nossos nomes prediletos, entendemos que a melhor pessoa pra opinar era Marcelo, nosso primeiro filho. Um estímulo a mais para fortalecer o vínculo entre eles. Sim, ele nem tinha completado seus dois anos, mas foi o responsável por decidir o nome do irmão.

Tiago veio como um presente pra ele. Seu melhor amigo, seu bebê, seu neném.

Marcelo foi uma homenagem à minha família, em especial ao meu tio, irmão do meu pai, pessoa muito querida por muita gente. Ainda por cima, primeiro filho de David, meu avô, de quem herdei o meu nome.

Tiago é uma homenagem à amizade e, também, à importância que damos à família. Que os laços entre esses irmãos, que começou com a "simples" porém fundamental escolha de um nome, sejam sempre fortes.

Tiago nem havia nascido e Marcelo já sabia falar o nome do irmão que ia ganhar, nome escolhido por ele.

Sei tudo sobre criar um filho até os dois anos de idade. Criar dois ainda é um aprendizado, mas, até agora, está tudo dando certo.

Marcelo teve lindas fotos. Tiago também já tem. As melhores, porém, são as que estão os dois juntos, as que retratam o carinho de Marcelo pelo irmão, carinho esse que já é retribuído de uma forma muito singela, pois Tiago por vezes acalma ouvindo a voz do irmão.

Essas são as histórias.
Esses são os legados.

domingo, dezembro 25, 2016

Entre irmãos

Sempre tive muito receio de como Marcelo encararia a chegada do novo príncipe no seu reino... Mesmo sendo ele o herdeiro legítimo do trono...

Quem conhece esse jovem de dois anos sabe o quanto emotivo, "dado" e carente ele é... Mistura bombástica para uma crise de ciúmes... Uma criança incrível que gosta de atenção e "briga" para tê-la... O "garoto sensação"  da creche, dançarino, cantor, "show man" por natureza...

Tem tempo que ele sabe da vinda de Tiago, que estava na barriga da mamãe e de quem escolheu o nome... Dentre as três opções, Marcelo escolheu Tiago...

Mas já há umas duas semanas que a "não materialização" do irmão o incomodava visivelmente...

E Tiago chegou... Marcelo foi visita lo poucos minutos depois de seu nascimento, do quarto da Maternidade já podíamos escutar sua euforia quando gritava o nome do irmão ainda no corredor... Ao ver o berço prontamente bateu com as duas mãos no acrílico enquanto repetia insistentemente o nome do irmão... Essa euforia vem se repetindo, dia após dia, quando acorda a primeira pergunta é "cadê Tiago?", pelo menos duas vezes por dia quer segurá-lo, avisa quando ele chora, pede para vê-lo... O medo que eu tinha da rejeição mostrou-se infundado, eles se amam, apesar de todo estardalhaço que Marcelinho faz, Tiago fica visivelmente mais tranquilo quando ele está por perto.

Obviamente que nem tudo são flores... O ciúme está direcionado pra gente, se estamos com Tiago ele quer colo, se alguém dá mais atenção pra Tiago ele implica, se Tiago ganha presente "ele empresta" para Marcelo, se Marcelo ganha presente "é de Marcelo, de Tiago não", ele voltou a engatinhar em alguns momentos, tem rejeitado a comida em algumas situações, "queda de braço" pura e simplesmente... É cansativo, mas não é culpa dele, foi nossa escolha ter o segundo filho, assim...  Paciência e atenção são fundamentais até porque esse rapaz nos traz uma alegria imensurável, foi o melhor de todos os presentes que ganhamos na vida, agora, acabamos de ganhar um presente tão bom quanto... E é isso, nossa vida está mais completa, temos um menininho de dois anos maravilhoso e um de quinze dias que dirá em breve a que veio...

Somos pessoas melhores desde que eles passaram a fazer parte de nossas vidas.

Quinze dias...

Após quinze dias do nascimento do nosso segundo filho...
Uma criança de dois anos requer mais atenção e dá mais trabalho que um recem nascido...
As visitas são muito maiores quando se trata do primeiro filho...
O mito do silêncio é isso... Um mito... Você não vai pedir para o seu filho mais velho virar uma estátua por causa do mais novo,  a menos que queira deixa lo triste e com raiva de você e do irmão... E, acredite, o barulho da criança pode incomodar a você, mas não perturba o recém chegado.
A única coisa mais fácil é trocar a fralda , e até isso é completamente diferente . 
Se alguém vai visitar o segundo filho, não (nunca) esqueça do primeiro... Ele acabou de perder a majestade, "não ajude a piorar as coisas"... Logo, não precisa de presente, mas lembre-se de falar primeiro com ele e de lhe dar atenção, mesmo que o foco da visita seja o recém chegado....
Amamentar é importante, sem dúvida, mas continua doendo mesmo no segundo filho...
Eles fazem um revezamento, enquanto um dorme de dia o outro dorme à noite...
Um é completamente diferente do outro...
Uma gravidez é completamente diferente da outra... Em uma você incha, na outra sente dor nas mãos, em uma você não dorme porque a criança não para, na outra você não dorme por causa das dores, em uma seu apetite fica maior, na outra ele pouco altera, em uma você enjoa, na outra fica cansada, em uma você ganha cinco quilos, na outra oito, em uma a barriga pouco aparece, na outra ela chega primeiro que você nos lugares...
Eles continuam repetindo as poses da ultra sonografia fora da barriga, não é coincidência...
Amamentar, de fato, emagrece... O que você come interfere no bem estar do seu filho... Mas não precisa exagerar...
Entrar em trabalho de parto dói pra caramba, mas facilita as coisas depois...
O choro de um filho não acorda o outro (felizmente)...
Descansar é mais importante que arrumar a casa. . . 
O bem estar deles é mais importante que o seu. . . 
Apesar de trabalhoso, é maravilhoso ter um filho de dois anos... A retribuição é incrível...
Natal é indescritívelmente mais legal quando se tem criança...
Qualquer pessoa que ame e cuide de seu filho se torna especial...
A existência de uma criança tem um poder transformador incrível...
Ter um parceiro parceiro e uma mãe (avó) parceira faz toda a diferença do mundo...
Por mais cansado e estressado que esteja nunca esqueça que são seus filhos e que você é o responsável pela existência deles, nos momentos incríveis e nos não tão incríveis assim....
Ser feliz é uma escolha e depende de você.

sexta-feira, dezembro 09, 2016

O que esperar quando se está esperando...

Meu primeiro parto foi trevas total... O segundo, a bolsa estourou as 6:30, mas até agora, 13:30, nada de contração... Como o último terminou em cesariana não podemos fazer a indução a menos que ele comece sozinho... Mas... Pelo visto meu útero quer deixar Tiago guardado... Como pode ser que eu esqueça, acho interessante descrever a sensação... O rapaz mexeu a noite inteira, as 6:20 tive a sensação como se algo tivesse deslocado dentro da minha barriga (muito estranho -  também foi bem esquisito quando com 38sem ele virou de pélvico pra cefalico)... Menos de um minuto depois veio a água... E quanta água... Impressionante, acho que já saiu o dobro do de Marcelo... E a barriga continua imensa e tranquila, sem sinal de que nada irá acontecer... Veremos... Marcelinho hoje gravou um vídeo para Tiago onde diz "vem, Tiago"  e aprendeu a segurar um bebê de pelúcia... Daqui a pouco, no dia que completamos dez anos de casados, e próximo dos dezoito de relacionamento, receberemos nosso segundo presente. Que tudo corra bem.

segunda-feira, novembro 21, 2016

A saga da foto..

Na gravidez de Marcelo estava decidida em não fazer... Mas, Thais apareceu em nossas vidas e como enfermeira e fotógrafa terminou nos convencendo e as fizemos com 37sem e 4 dias lá fomos nós...

Dessa vez, estamos tentando mas o tempo não está colaborando muito, uma semana de tempo nublado, onde segundo seu pai a luz não fica boa,  e chuva...  E continuamos esperando, mas a previsão do tempo também não está ajudando muito...

Fomos ao Campo de São Bento em um dia mais ou menos mesmo... Cinco dias depois, no dia do seu Chá de bebê, conseguimos um por do sol incrível, as fotos estão ótimas e a barriga devidamente registrada...

Inclusive hoje, pós bolsa rota temos a foto da barriga.

Venha em paz, bebê.

quarta-feira, setembro 14, 2016

Cinco horas

São cinco horas...  Um grito que se prolonga...

Levanto assustada e encontro Marcelo soluçando no corredor... Algo aconteceu, algo terrível, em seus pensamentos...  No colo ele se acalma... Em seguida toma seu leite...  E começa "papai, mamãe"...
"desce papai"... E vão os dois para sala, escuto "mamãe"... Com a resposta cândida "deixa mamãe descansar, Marcelo"....
E dá seis horas, ainda "sonada" chego na sala e encontro David com Marcelo no colo lendo o livro... "como o cachorro faz?"... "Que fruta é essa?"...
Cenas como essa trazem paz a nossa vida e nossos corações... Feliz de te-los ao meu lado...  Bom dia!

sábado, agosto 13, 2016

Hoje terminou o maior período que David e Marcelinho ficaram sem se ver...

Um grude, um agarramento, com direito a dança conjunta no meio do parque olímpico...

Na nova despedida, Marcelo segurou e abraçou o David com tanta força como se dissesse: "não me abandona de novo, papai"

Lindo de